• SGPweb

Vale a pena apostar no Facebook para aumentar as vendas?

Atualizado: 21 de Jul de 2020


Quando o Facebook surgiu, em 2004, um novo mundo de oportunidades se abriu para os empreendedores. Grandes, médias e pequenas empresas enxergaram o potencial e colocaram ali o objetivo de manter uma boa presença na rede, para se aproximar do público-alvo.


Quem se propôs a fazer um trabalho constante e de qualidade percebeu o grande potencial da rede para os negócios. Além do fortalecimento da marca, até hoje podem perceber a força de uma boa estratégia de mídia.


Mas, com o surgimento de outras redes, plataformas e modelos de negócio, uma dúvida muito grande para quem está começando é se ainda vale a pena investir em mídia no Facebook.


Uma pesquisa divulgada recentemente no Relatório Global sobre a Situação das Pequenas Empresas mostra que as pequenas e médias empresas podem continuar otimistas com esse investimento e que as vendas continuam crescendo de oportunidades vindas da rede.


Presença ativa na rede gera mais vendas?


No relatório, fruto do estudo feito entre a parceria do Facebook, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e o Banco Mundial, foi observado que 47% das pequenas e médias empresas (PMEs) ativas na rede tiveram um quarto ou mais das vendas dos últimos meses feitas online.


Ou seja, 25% dos lucros dessas empresas nos últimos meses são atribuídos a boa presença online e sucesso nas vendas apenas com a ação ativa no Facebook.

Nesse cenário, em que a crise causada pelo coronavírus amedronta muitos empresários e novos empreendedores, surpreendentemente 43% deles se mostraram otimistas em relação ao futuro de suas empresas na pesquisa.


Ao todo, 30 mil líderes de empresas pequenas e médias de mais de 50 países foram entrevistados. Através dele, foi possível observar como eles enxergam a situação atual e o que esperam do futuro.


O que esperam as PMEs no Brasil?


O momento que estamos vivendo é difícil e pegou todos de surpresa. Por isso, um dos reflexos negativos foi a estabilidade de algumas empresas e o grande receio de queda no faturamento.


Por outro lado, quem conseguiu aproveitar as oportunidades de vendas online, conseguiu enxergar uma brecha para manter o sucesso nos negócios e até mesmo crescer com as vendas através de e-commerces e marketplaces.


Segundo o relatório, 47% das empresas pequenas e médias tiveram uma boa porcentagem das vendas do último mês fechadas através de transações online.


Outro dado interessante apresentados na pesquisa é de que 18% dos negócios que tiveram que fechar nesse período esperam recontratar os antigos funcionários com a reabertura. 52% das PMEs operacionais no Facebook acreditam q