Sobre o dia do consumidor

Passado o dia 15 de março, data em que comemora-se o dia mundial do consumidor, além de representar um símbolo de incentivo às atividades comerciais, algumas lojas optaram por propostas direcionadas para a data, em específico, e outras estenderam para toda a semana da data. Ambas propostas são muito bem vindas e demonstram o quanto as lojas estão procurando estimular a atividade dos consumidores. Por parte do setor de logística isso é tem pressionado para desafios de aperfeiçoamento, e do outro lado da moeda, foi possível observar alguns movimentos emergentes no comportamento dos consumidores que sofreram influências do cenário conjuntural nos últimos três anos.


Segundo o portal do e-commerce brasil, os consumidores ainda são mais adeptos às compras no formato omnichannel, devida a resistência desse formato mesmo durante a pandemia, após o relaxamento de algumas medidas foi possível observar que as vendas em lojas físicas aumentaram 20% no período anterior, pois, de acordo com a maioria dos consumidores a experiência da compra no ambiente físico é muito mais satisfatória.

O trajeto de consumo estabelecido após o período mais agudo da pandemia foi considerado um caminho híbrido, pois os consumidores entrevistados declararam a preferência por visitar as lojas e interagir, no ambiente físico, com as novidades e tendências lançadas. O modelo que está em vigor corrobora com o conceito de buy online, picking in-store ou compre online e retire na loja - em tradução livre. Esse modelo tem contribuído e estimulado os benefícios de ambas frentes de negócio.


Hoje, o cliente quer ter a opção de comparar preços e produtos com a comodidade que só o ambiente online pode oferecer, e ao decidir por qual produto adquirir a experiência sensorial, ou até mesmo de querer o pedido imediatamente em sua posse sustentou esse modelo que promete ser a norma para os próximos anos. O cliente ainda sim vai preferir ir até a loja física ou retirar o seu pedido em algum ponto de distribuição antes de efetivar sua compra nas plataformas de e-commerce.


18 visualizações0 comentário