Realidade Aumentada no E-commerce

O crescimento do e-commerce permitiu que os segmentos de móveis e decoração pudessem crescer significativamente no ano passado. Segundo uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), o setor cresceu 23,61% somente no segundo trimestre de 2020.


Com as pessoas passando cada vez mais tempo em casa por conta da pandemia, os brasileiros deram maior atenção aos seus lares, o que aqueceu o mercado do segmento. Apesar disso, um fator que ainda é encarado com receio por parte do consumidor é o medo de adquirir um móvel que não se encaixa no tamanho do cômodo (como um sofá grande demais para o espaço disponível).


Para contornar situações como essa, diversas lojas se adaptaram e, com a ajuda da tecnologia, trouxeram uma ferramenta que pode revolucionar a forma de como fazemos compra pela internet: a realidade aumentada.


O que é Realidade Aumentada?


A tecnologia se faz presente em cada parte do nosso dia, trazendo possibilidades antes inimagináveis. Hoje convivemos com chamadas de vídeo, assistentes virtuais, aparelhos móveis com memórias cada vez mais extensas e que permitem que possamos nos inserir na realidade virtual


Entretanto, a tecnologia permitiu que pudéssemos estar ligados ao digital, sem que nós divulgássemos completamente do mundo real. Para que isso fosse possível, foi desenvolvida a realidade aumentada.


Essa ferramenta permite que elementos virtuais, como personagens de jogos eletrônicos, animais ou até mesmo produtos, possam ser reproduzidos a partir da tela de um dispositivo mobile. Isso permitiu aos consumidores, uma experiência completamente nova e única ao se relacionar com as marcas.


Como implementar a Realidade Aumentada no e-commerce


Há várias empresas que aplicaram a realidade aumentada para as suas lojas virtuais. Podemos utilizar como exemplo, as lojas de vestuário que usam provadores virtuais. Com essa tecnologia muito popular na China, é possível fazer com que os seus clientes possam “experimentar” peças de roupas, calçados e acessórios, apenas ao usar um espelho com inteligência artificial. Não é demais?


Comprar artigos de beleza pela internet, como cosméticos, pode ser um grande desafio. Agora, já pensou em provar uma base ou sombra, sem precisar aplicá-la em sua pele? Acredite, isso é possível. A partir de filtros (muito parecido com aqueles que utilizamos no Instagram), os consumidores podem escolher entre as inúmeras cores e texturas, com a garantia que a sua satisfação estará garantida.


E não para por aí! Esse recurso permite que possamos comprar móveis sem precisar sair de casa. Digamos que você esteja procurando um criado mudo, mas quer encontrar um que caiba no espaço que você tem disponível, além de combinar com as cortinas do seu quarto.


É possível visualizar todas essas situações apenas apontando a tela do seu celular para o lugar onde o móvel estará. Isso poderia ser muito arriscado, pois não poderíamos garantir se o espaço disponível comportaria o produto adquirido, mas, com a RA, é possível ver como a mobília nova ficará na sua casa, no seu apartamento ou escritório.


Por que usar a realidade Aumentada no E-commerce?

O uso da Realidade Aumentada permite que o cliente fique mais satisfeito com a sua loja virtual e se sinta mais seguro na hora de efetuar a compra.

Sem ter a sensação de estar fazendo uma “compra no escuro”, a experiência do consumidor no e-commerce com certeza será mais divertida que o normal. Por isso, é preciso fazer com que o público se surpreenda na hora de realizar uma compra na sua loja, superando as expectativas.

Lembre-se, um cliente feliz continua comprando na sua loja, se tornando fiel à sua marca e aumentando as chances do seu negócio ser lembrado na hora que o consumidor mais precisar de você.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo