O e-commerce deve faturar mais na páscoa

A Neotrust disponibilizou uma projeção para as vendas de páscoa no mercado eletrônico para 2022, neste estudo foi possível observar uma estimativa que aponta para uma retomada do faturamento nas vendas no período de páscoa impulsionadas pelo mercado digital. No ano passado, só as vendas de chocolates, trufas e ovos de páscoa apresentaram um faturamento aproximado de R$81,9 mi, valor 87% maior do que no ano retrasado, em 2020.

Mesmo no período agudo da pandemia foi possível observar um crescimento expressivo no número de pedidos online, especialmente relacionados a esse setor. Só em 2021 foram realizados cerca de 840 mil pedidos no E-COMMERCE durante a Páscoa, 164% mais do que os pedidos registrados em 2020. Ainda que as vendas de ovos de páscoa não tenham crescido tanto em 2021 comparados aos chocolates e trufas, eles continuam sendo a categoria de produtos mais vendidos nesta data. Veja como as vendas de ovos de páscoa, chocolates trufas e bombons performaram no quesito faturamento em 2020 e 2021:

​2020

2021

Ovos de páscoa

R$32,2 mi

R$55,6 mi

Chocolates

R$20,4 mi

R$8,5 mi

Trufas e bombons

R$2,9 mi

R$5,9

A head de inteligência da Neotrust, Paulina Dias, disse que é há uma sazonalidade em relação às compras online desses produtos, pois maio de 2020 houve um pico vendas - na páscoa, já em 2021 esse pico só foi observado em três momentos; páscoa, black friday e festas de final de ano.


Em uma pesquisa realizada pela agência Conversion, com 400 brasileiros, ficou evidenciado que 55% deles têm a intenção de desembolsar valores entre R$30 e R$70 na Páscoa deste ano. Os entrevistados consideram a qualidade do produto, promoções e descontos como os principais requisitos em suas buscas. De acordo com essa pesquisa 52% dos entrevistados ainda pretendem realizar suas compras em lojas físicas e 30% mesclar entre a compra online e física.


Por essa razão, é muito importante vincular o seu processo de vendas a um sistema de gestão logística eficiente. As suas operações estarão sujeitas às oscilações sazonais do mercado quando as exigências da demanda não puderem ser suficientemente atendidas. Hoje, a maior preocupação das empresas é conquistar clientes fiéis.


A conclusão que nós podemos tirar de tudo isso é que as operações relacionadas ao universo do e-commerce podem se intensificar ainda mais, isso exige dos gestores uma postura mais assertiva em relação às soluções adotadas em suas operações.


7 visualizações0 comentário