Gestão de estoque: um resumo de tudo que você precisa saber sobre o assunto!

Ésquilo, famoso escritor da Grécia antiga, certa vez disse que: “A disciplina é a mãe do êxito”; mas para haver disciplina é necessário haver ordem. Tudo que esteja relacionado às atividades de gestão e negócios exigem se estabeleçam a partir de uma ordem dos processos, sendo que uma das suas principais etapas se refere ao estoque. Gerir o estoque de uma empresa, atividade ou operação traz enormes benefícios operacionais em termos de resultado, como:

  • Otimização do processo de compra, redução do tempo despendido;

  • Economia financeira e incremento da produtividade;

  • Garante a segurança operacional do estoque

  • Ampliação da margem de planejamento

Portanto, motivos não faltam para que esse assunto seja explorado, aprendido e implementado na rotina organizacional de qualquer negócio. Não existe fórmula prática e simples de atender aos padrões de organização, apenas um trabalho consistente - que certamente será bem recompensado pelos seus resultados.


jovem mulher asiática empreendedora empacotando seu produto
Jovem empreendedora empacotando um pedido

Essa etapa (gestão de estoque) pode ser considerada muito relevante: primeiro pelo seu caráter inicial, pois deriva dela todo rumo da operação; e segundo que, a partir dessa ordem, toda equipe estará envolvida, logo, qualquer problema que surgir pode impactar o trabalho desenvolvido pelo time. O que é gestão de estoque?


É o processo pelo qual a empresa executa e controla todos os seus recursos armazenados de forma planejada. De acordo com a literatura, o gerenciamento de estoque possui algumas premissas: destino a ser suprido, em qual quantidade deverá suprir e em que momento suprir. Diante dessas considerações é possível seguir estabelecendo alguns objetivos: - Regulação da oferta sob o nível da demanda de forma que seja possível escalar o nível do serviço; - Reduzir os custos totais, e sobre investimentos, estimulando o fluxo de transações; - Otimizar processos para redução de custos.

Conectando os objetivos da sua empresa as práticas da boa gestão de estoque A mensuração do fluxo do seu estoque deve ser um ativo valioso para suas operações, pois ela permite a partir desse controle conhecer o quanto foi desperdiçado em termos de mercadorias e o quanto se ganhou no total das operações. Os resultados que advém dessa dinâmica administrativa conseguem manter as atividades em andamento, de acordo com a satisfação crescente dos clientes o estoque estará ligado aos resultados financeiros efetivos, gerando lucro e mitigando perdas.


Para organizar o seu estoque de forma adequada siga as seguintes recomendações: Otimizar sempre e o melhor caminho, assim o volume de vendas cresce impactando no resultado operacional da empresa; mas é inteligente adotar boas práticas na sua gestão de estoque, como: 1) Registrar toda entrada e saída: nada pode ficar de fora dessa contabilização, acompanhar entradas e saídas permite uma visualização macro sobre o que pode estar faltando e o que será necessário suprir; 2) Registrar o fluxo dos produtos: a construção de índices com base no fluxo de produtos é artifício suficiente para lidar com fornecedores; 3) Observar itens escassos e ou em excesso: aumentou a demanda? está desperdiçando na oferta de um item que o público não está consumindo? essa é análise por trás da observação da escassez ou excesso dos produtos disponíveis; 4) Elaborar um inventário: um comparativo do estoque físico frente ao contábil pode ser considerada uma medida avançada, mas mantém-se indispensável sua realização pelo gestor com ajuda do contador em levantar as quantidades disponíveis em comparação às lançadas no balanço; 5) Manter a base de cadastro atualizada: os seus itens, provavelmente, estarão divididos por itens e/ou categorias, por isso estabeleça padrões e siga à risca essas determinações, isso irá evitar que o seu estoque possa ser prejudicado quando for lançado ou saia do estoque. As boas práticas vão existir em qualquer etapa de vendas ou setor da empresa, é muito importante estar atento a elas para que seja possível aprimorar os seus processos a fim de melhor a performance dos seus negócios frente ao mercado. Nós aqui entendemos de processos, especialmente, logísticos, por isso, permita que a sua empresa cresça de forma operacional sustentável e otimize os seus processos.


35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo