Como vender mais no Valentine's Day

Uma das datas que entraram no calendário do e-commerce brasileiro com sucesso foi o Valentine's Day. A data americana, que é equivalente ao dia dos namorados, está se consolidando em terras tupiniquins, principalmente no meio digital. Para falar mais sobre essa data e como ela pode ajudar a aumentar o seu faturamento, criamos esse artigo. Vem com a gente!




A origem do Valentine’s Day

A data teve a sua origem na Itália, nos tempos do império Romano, e celebra o dia de São Valentim. Naquela época, o Imperador Cláudio II proibiu que casamentos fossem realizados durante o seu reinado, com a desculpa de fortalecer o seu exército (pois acreditava que jovens sem esposa ou família, se alistariam de forma mais fácil).

Entretanto, um bispo chamado Valentim de Roma, contrariando o decreto, começou a celebrar uniões de maneira escondida. Por consequência dessa prática, o bispo foi condenado à morte e no dia 14 de fevereiro foi executado. O santo ficou conhecido como o padroeiro dos apaixonados e o dia da sua morte se tornou o dia dos namorados em muitos países.

O dia dos namorados no Brasil

Entretanto, no Brasil, a data é celebrada no dia 12 de Junho. Você sabe porquê?

Acontece que o publicitário João Dória notou que no Brasil, não haviam datas comemorativas em junho e o comércio necessitava de uma data para alavancar as vendas durante o mês. Por isso, foi escolhida a véspera do dia de Santo Antônio, popular santo católico, conhecido pela fama de “casamenteiro”.

Por que investir em Valentine's Day para o e-commerce?

Apesar da data ter sido importada de outros países, ela pode ser a salvação de Fevereiro para muitos vendedores online. Confira as vantagens que o Valentine’s Day pode proporcionar ao e-commerce: