Como o e-commerce tem impactado na forma de fazer negócios?



A maneira de fazer negócios vem tomando rumos distintos a partir da revolução provocada pela tecnologia da informação, que alterou e acrescentou meios às dinâmicas do mercado digital, fez com que os processos de venda, marketing e canais de comunicação sofressem uma alteração considerável em suas estruturas desde que os vendedores optaram pelas vendas online. Comprar e vender online tornaram-se objetos de investigação.


O comércio eletrônico aumentou o número de empresas adeptas a essa modalidade que, incentivadas pelo comportamento do consumidor, agora preferem comprar os produtos de forma mais confortável e prática, distantes do ambiente de uma loja física. Pensando nesses comportamentos desencadeados pelos consumidores, o questionamento que cabe é: como a forma de fazer negócios foi impactada? Quais os reflexos para o mercado digital?


Facilidade para começar: uma das principais vantagens trazidas pelo comércio eletrônico é a facilidade proporcionada a qualquer pessoa que deseje começar o seu negócio do zero. Independente de onde ela esteja, vender online é um trunfo até mesmo para quem deseja vender a nível global. As portas de oportunidade que foram abertas por esse mercado digital gerou benefícios para muitos pequenos empreendedores. As ferramentas tornaram-se acessíveis, assim como as facilidades de plataformas de marketplaces. A logística de postagens nunca foi tão relevante para esse cenário. Inclusive, a diversidade de produtos vendidos mostra o quão fantástico o mercado eletrônico pode ser para um vendedor. Ter uma loja virtual é algo que pode trazer muitos benefícios para o empreendedor.


Preços mais acessíveis: justamente por conta da diversidade de produtos e da facilidade de ingresso no comércio eletrônico, a concorrência permite que o mercado proporcione mais qualidade a menores preços, além de ser um ambiente extremamente favorável às ofertas.


Durante o surto da pandemia, o e-commerce foi o modelo que mais perseverou: isso mostrou o quanto o modelo de comércio eletrônico consegue se adaptar a diferentes conjunturas.



O comprometimento das marcas aumentou: outra perspectiva específica desse mercado mostrou que a forma como as marcas se comprometem com os canais de comunicação tem se mostrado muito além das expectativas. As estruturas de marketing desenvolvidas estão entregando serviços que agregam valor aos consumidores.


Experiência personalizada de compra: as pessoas podem consumir o que quiserem e da forma que preferirem. Com adesão massiva às experiências no mobile, o usuário consegue cada vez mais personalizar sua experiência de consumo a partir de suas preferências.


A variedade de produtos aumentou: o e-commerce abriu diversas opções para os consumidores, demonstrando ser capaz de oferecer uma variedade de produtos a diferentes nichos do mercado.


Essas foram algumas formas de impacto provocadas pelo e-commerce na forma de fazer negócios e nas dinâmicas de consumo no comércio eletrônico. Processos são necessários e precisam ser constantemente atualizados, nós, do SGPweb, procuramos estar atentos aos fenômenos que afetam o mercado digital como um todo. É de suma importância que sellers e clientes se atualizem e perpetuem suas atividades da melhor maneira.

26 visualizações0 comentário