• SGPweb

Como funciona o comissionamento de marketplaces

Se um lojista quer ter sucesso no meio digital, é aconselhável que ele utilize plataformas de vendas online antes de abrir o próprio e-commerce. Para realizar as suas vendas nesse tipo de site, é necessário pagar uma taxa de comissão que pode variar conforme o player e da categoria do produto. Hoje vamos explicar a você como funciona o comissionamento de marketplaces.


Como é vender em um marketplace


Primeiramente, precisamos explicar como funciona essa plataforma de vendas online. Podemos comparar o marketplace a um grande Shopping Center, onde os lojistas pagam aluguel para ter direito a um espaço onde os frequentadores do local possam consultar e consumir os seus produtos.


No meio digital é mais ou menos parecido, porém não são todos os players que cobram um valor de “locação”. Esses sites trabalham através de comissão deduzida automaticamente das vendas, que geralmente varia entre 8% e 20%, dependendo da categoria que o produto se enquadra.


Como funciona a taxa de comissão


Para explicar melhor como funciona a taxa de comissão dessas plataformas, vamos dar um exemplo:


João tem uma loja virtual, onde vende roupas e acessórios. Uma pessoa encontrou a loja dele através de um marketplace e escolheu uma camiseta personalizada no valor de R$40,00. Nesse caso o processo de comissionamento aconteceria assim:


  • Para cada produto vendido, João paga uma porcentagem (que varia conforme a categoria do produto) ao marketplace. A da camiseta é de 8%;

  • Como ele vendeu o produto pelo valor de R$ 40,00, é feito o abatimento da taxa de comissão. O valor de repasse fica R$ 36,80;

  • O custo de produção da camiseta foi R$ 12, portanto a margem de lucro de João será de R$ 24,80.

Essa margem de lucro pode variar conforme a categoria do item, o preço de produção e a precificação escolhida para o produto.



Eu posso vender em mais de um marketplace?


Existe um ditado popular que fala “não se pode apostar em um cavalo só” e podemos aplicá-lo no meio digital também. Quando um vendedor comercializa os seus produtos em apenas um lugar, ele sofre com 3 fatores de risco:


  1. O público fica muito segmentado, pois o acesso aos produtos fica limitado a apenas os clientes que compram na plataforma escolhida;

  2. Há a possibilidade do marketplace encerrar as suas atividades, deixando o seller sem o seu principal local de venda;

  3. Aumento na taxa de comissão do player, fazendo com que lojistas (com baixa margem de lucro) quebrem ou tenham que parar de vender determinados itens.