Adaptação 4.0


Um dos temas abordados na nossa 19º edição do SGPnews foi a indústria 4.0 e os seus impactos nas estruturas do mercado industrial. É fundamental que capturemos a reflexão sobre como o mercado absorverá os efeitos dessa indústria 4.0 que promete ser a revolução das próximas décadas a seguir.


Primeiro, devemos enxergar o papel de cada empresa junto ao seu seguimento para compreender as especificidades que caberão a cada uma delas. Se o fundamento básico dessa indústria engloba o emprego da conexão entre máquinas e sistemas ativos de inteligência, é indiscutível que se faça necessário uma adaptação nos processos planejados de produção. Os grandes pilares dessa indústria - Internet das coisas, Big Data Analytics e Segurança - subsidiam os processos adaptativos, tornando essa reformulação mais estruturada e sustentável.


Os impactos mercadológicos consistem, justamente, na criação de novos modelos de negócios relacionados às necessidades e preferências específicas de cada cliente. O customizar previamente sob demandas móveis é o ponto referente à revolução dessa categoria econômica. Não apenas as estruturas industriais deverão sofrer essa adaptação como os profissionais também precisarão se adequar ao novo contexto conjuntural que envolve o contínuo desenvolvimento tecnológico.


A possibilidade de integração é um dos pontos mais disruptivos dessa revolução. a multidisciplinariedade endereça oportunidades a mais ampla gama de profissionais qualificados que conseguirão suprir as constantes demandas do mercado. O escopo do tema é grande e ainda cabem reflexões mais pontuais, portanto, convido-os a acessar a versão digital da nossa revista e participar dessa discussão com a gente.






17 visualizações0 comentário