• SGPweb

A importância da embalagem para encomendas

Só quem já recebeu um produto que comprou pela internet que chegou danificado, sabe como isso é desagradável. Esse tipo de transtorno é um pesadelo para muitos vendedores online e prejudica a reputação da loja, além de gerar gastos complementares.

Sabemos que uma encomenda pode sofrer avarias durante o trajeto até o destinatário. Então, embalar de forma correta os itens enviados é a melhor forma de garantir que a entrega será feita da melhor forma. Confira algumas dicas para embalar os produtos que serão postados!




Tipos de embalagem na logística

Primeiro, vamos saber como é feita a classificação das embalagens no ramo logístico:

Primária

São embalagens que estão em contato direto com o produto. Podemos usar como exemplo, um pote de margarina. Neste caso, o plástico é a embalagem primária.

Secundária

São embalagens que armazenam e protegem as embalagens primárias. Um exemplo é a caixa de papelão que envolve um tubo de pasta de dentes.

Terciárias

Embalagens voltadas para o transporte de poucas quantidades. Podemos usar como exemplo os engradados de garrafas.

Quaternárias

Abrange várias unidades, facilitando bastante o processo logístico. Pode ser representada pelo o palete.

Quinto nível

Utilizado a nível logístico portuário. Utilizado para transporte em grandes distâncias, comporta um número absurdamente superior aos demais. É o caso dos conteiners.

Escolhendo a embalagem

Um dos elementos mais importantes na experiência do cliente com a entrega, é a embalagem. O material que ela é feita, além da sua aparência, pode contar muito para a opinião do cliente e a segurança do produto.

Sabemos que existe uma infinidade de caixas e embalagens que podem ser utilizadas na hora de enviar um produto ao destinatário.

Portanto, é preciso escolher com atenção o material e o tamanho que será utilizado para a sua produção.

A opção mais utilizada são as famosas caixas de papelão, porém ela não é indicada para realizar o envio de produtos frágeis. Neste caso, use plástico-bolha para embalar os itens.

Outra embalagem que pode ser uma alternativa é a caixa de madeira. Ela é construída ao redor do produto, para que ele seja imobilizado. Isso evita que os itens sejam danificados por batidas ou movimentos bruscos.

Acomodando os produtos na embalagem

Sabemos que a aparência da embalagem é importante, mas é preciso cuidar da segurança da mercadoria. Espaços vazios permitem que o produto se movimente, aumentando as chances dele se chocar com outros elementos e quebrar.

Vamos listar algumas alternativas para você distribuir os produtos dentro da caixa, sem correr o risco de danificá-los:

Caixas com berço

Essa embalagem apresenta um compartimento interno, feito especialmente para acomodar diversos itens, como garrafas, taças e copos. Podem ser confeccionados com espuma, EVA, papel cartão e madeira.

Jornal