9 dicas de e-commerce para quem está começando

As novas ondas de contágio do Corona vírus fizeram que diversas cidades fossem obrigadas a decretar lockdown. Isso fez com que pequenos varejistas encontrassem dificuldades para deixar as portas dos seus estabelecimentos abertas. Como uma alternativa de manter as vendas e salvar o seu negócio, muitas empresas migraram para o e-commerce.


Entretanto, se essa mudança for realizada sem um planejamento, alguns empresários podem ter as suas expectativas frustradas. Para evitar essa situação, criamos esse artigo com dicas de ouro para quem está começando a vender online. Vem com a gente!





1 - Cuide do seu site


Pense na loja virtual como uma extensão do varejo. Quando o cliente pisa na sua loja física, com certeza você quer que ele encontre um ambiente limpo, organizado e com bom atendimento, não é mesmo?


O ambiente online é semelhante, mas tem uma importante diferença: Não existem vendedores para ajudar o consumidor a tirar dúvidas. Se o internauta entrar no site e encontrar dificuldades (como layout bagunçado e navegabilidade ruim), as chances dele realizar uma compra, cai drasticamente.


2 - Dê atenção ao seu catálogo de produtos


O website é importante, pois é o cartão de visitas da sua loja, mas o que faz a diferença de verdade são os produtos que você vende nele. Planeje bem o catálogo, identificando quais itens servirão como “carro chefe” da sua loja.


Ofereça também os artigos do seu estoque no formato de combos. Isso faz com que a compra se torne vantajosa para o consumidor e aumenta o ticket médio da sua loja.


3 - Venda em marketplace


Podemos comparar essa plataforma como um grande Shopping Center. Nela, os produtos da sua loja "emprestam" a credibilidade do nome do player e são oferecidos aos clientes do marketplace.


Esses sites cobram uma comissão, que geralmente varia entre 8% e 20%, para prestar esse serviço aos lojistas.


4 - Pense nos ERP's que a sua loja vai utilizar


ERP's são os sistemas integrados de gestão empresarial que fazem o levantamento dos dados e processos das vendas na loja virtual.


Existem uma infinidade de opções no mercado, das mais diferentes funções. Por isso, pesquise quais você precisa para ajudar na hora de gerenciar a sua operação e escolha a que melhor cabe no seu orçamento.


5 - Descrição de produtos


Da mesma forma que o Google apresenta os melhores resultados quando fazemos uma pesquisa, as plataformas de vendas online fazem o mesmo processo quando buscamos um produto.


Por isso, descreva o seu produto de forma completa e coerente. Mostre os seus diferenciais, com palavras-chave que faz o cliente encontrar a sua loja mais facilmente.


6 - Google


Por falar em Google, mais de 50% dos acessos em lojas virtuais, são realizadas através dele. Então, use a plataforma para criar campanhas para aumentar as suas vendas.


7 - Redes Sociais